História

Dois grandes clubes tinham, na altura da fundação da Associação de Futebol de Santarém, a primazia no futebol amador que se praticava. O mais antigo era o Sport Grupo Scalabitano "Os Leões", que tinha o seu estádio na Cerca de S. Lázaro. Constituído em grande número por estudantes e jovens da classe média, foi um verdadeiro alforge de talentos para o futebol. Nele jogaram o hoje respeitado médico Dr. Joaquim Isabelinha e o depois profissional António Faustino.

De largas tradições era o segundo agrupamento, o Sport Grupo União Operária, formado por rapazes ligados ao artesanato e ao meio fabril, com invulgar vocação para o desporto amador. O União Operária chegou a bater-se, de igual para igual, com os maiores clubes do país, como o Benfica e o Sporting, que tinham dificuldades em bater-se com a simpática agremiação.

Havia um terceiro clube, cujos praticantes se recrutavam nas atividades do comércio e da indústria. Ata da reunião preparatória, o Clube de Futebol dos Empregados no Comércio, mais conhecido na gíria do desporto pelo nome de "Os Caixeiros". A cisão operada em "Os Leões", no ano de 1931, levou à fundação da Associação Académica, pelos estudantes da Escola de Regentes Agrícolas, Afonso Temudo e José Suspiro. Nasceu assim a grande rivalidade entre as duas agremiações, já que o novo clube era constituído por jovens talentos para a prática do futebol, oriundos daquela Escola e do Liceu Sá da Bandeira. A partir de 1931, o público de Santarém assistiu a verdadeiros "matches" entre os três grandes clubes, numa competição ardorosa entre os seus atletas, mas profundamente leal em termos desportivos.

Pelo ano de 1932 surgiu o Sport Lisboa e Santarém, como filial do Benfica, que também se consagrou à prática do futebol e do ciclismo, mas sem nunca atingir a auréola de "Os Leões", do União Operária e da Associação Académica. Foram uns dos carolas do projeto, Joaquim Vicente Serrão, juntamente com Fausto de Oliveira, mais conhecido pelo Fausto do Peixe, por António Mendes e outros benfiquistas locais. Tendo a agremiação a sua sede, ao fundo da Rua Dr. Joaquim Luís Martins, num rés do chão pertença da Senhora D. Cacilda Fragoso.

Pela altura de 1934/1935, a parte baixa da cidade fundou um clube que teve o apoio da sua população. Ata da reunião preparatória, o Sporting Clube Ribeirense, onde despertaram igualmente alguns talentos para o futebol amador. Mas com o lento estertor do Sport Lisboa e Santarém e o afastamento de Joaquim Vicente Serrão da sua direção, o clube não resistiu às vicissitudes de uma modalidade que tendia, cada vez mais, para o profissionalismo. O período de 1930 a 1945 constituiu para o futebol escalabitano uma época de verdadeira euforia, pela sã rivalidade que existia entre os clubes.
mobilepornxtube mobile18porn mobilefuckporn mobilexxxsexporn
escort konya
free spins no deposit 2017
sex izle
instagram takipci hilesi
sikis
Pornolar sikis izle, turk sex

pornolar

turk porn

turk sex sikis seyret

porno hd izlemek icin en ideal sex sitesi.
alanya escort
ankara escort
gorukle escort
steroid satin al
beylikduzu escort sisli escort beylikduzu escort istanbul escort istanbul escort
evden eve nakliyat evden eve nakliyat
escort alanya
izmir escort